Foi em Montichiari, norte da Itália, que Nossa Senhora agraciou a humilde enfermeira Pierina Gilli com suas aparições sob o título de Maria Rosa Mística. As aparições aconteceram de 13 de julho de 1947 até o ano de 1976. A Senhora Rosa Mística fez um urgente apelo de ORAÇÃO, SACRIFÍCIO E PENITÊNCIA, revelando assim o significado das três rosas que carrega em seu peito. Revelou também a Medalha da Rosa Mística, o Terço das Lágrimas de Sangue, uma Fonte Milagrosa, a Trezena e a Hora da Graça Universal. Nas Aparições de Jacareí-SP- Brasil, por meio do Vidente Marcos Tadeu, Nossa Senhora Rainha e Mensageira da Paz renova seu URGENTE pedido de conversão, oração e penitência. Ela pede também aos seus filhos que rezem o Terço das Lágrimas de Sangue diariamente, façam a Trezena, usem a medalha da Rosa Mística, junto com as outras medalhas reveladas em Jacareí, e que obedeçam e divulguem ao Mundo seus apelos feitos em Montichiari.

7/09/2012

Medalha Rosa Mística


Medalha de Maria Rosa Mística - 19 de maio de 1970




Descreve Pierina:

Maria Santíssima apareceu, como sempre, com seu manto cândido, peito adornado com três rosas: branca, vermelha e amarelo-ouro. De seu braço direito pende um rosário de grandes dimensões que termina em uma medalha, em vez da cruz. Portanto, tendo os braços abertos, a Virgem mostrou uma medalha redonda dourada em ambas as palmas das mãos. Sobre a da mão direita Pierina viu impressa a figura de Maria, de pé, no topo da escada com as mãos unidas e a cabeça, como sempre, inclinada para a frente, à cima, rodeada por três rosas. Incluindo muitas rosas aos seus pés, espalhados pelas escadas. Na borda da moeda da mão direita estava escrito em latim "Rosa Mystica ". Na parte de trás de uma das medalhas Pierina observou uma bonita Igreja de cúpula redonda com três grandes portas. No topo estava a inscrição em latim "Maria, Mater Ecclesiae", que significa “Maria, Mãe da Igreja”. Neste ponto, a Senhora disse: "Faça cunhar uma medalha segundo este modelo: de um lado "Rosa Mystica" e do outro "Maria Mater Ecclesiae". Eu fui enviada pelo Senhor, que escolheu Montichiari para trazer o dom do Seu amor, o dom da Fonte da Graça e o dom da Medalha do meu amor maternal. Vou intervir na divulgação desta medalha como um símbolo da caridade universal. Meus filhos que me levarem sobre seus corações em todo lugar eu lhes prometo minha proteção maternal cheia de graças, neste momento que querem destruir a veneração tributada a mim. Esta medalha é um sinal de que meus filhos estão sempre comigo. Eu sou a Mãe de Deus e Mãe da Humanidade. Este é o triunfo do amor universal. A bênção do Senhor e minha proteção sempre estará com aqueles que recorrerem a mim.”